20.jpg

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail

 

                                                 HIDROCONTROL 2000 FIRESISTEM EEJ-SN

Descrição Geral da Central De Incêndios

HIDROCONTROL 2000 FIRESISTEM EEJ-SN

A central de incêndios HIDROCONTROL 2000 FIRESISTEM EEJ-SN destina-se a elevar a água sob pressão numa rede de incêndio, através do controlo de duas electrobombas principais e uma electrobomba jockey.

A aplicação das centrais HIDROCONTROL 2000 FIRESISTEM EEJ-SN no combate a incêndios em qualquer tipo de edifícios, é de grande utilidade, eficiência e segurança.

As Centrais HIDROCONTROL 2000 FIRESISTEM EEJ – SN na generalidade são constituídas por:

· 2 Electrobombas de eixo vertical multicelulares, ou Horizontais monocelulares
· 1 Quadro Eléctrico para protecção e comando da central
· 2 Depósitos de membrana
· 1 Colector de compressão
· 1 Conjunto de acessórios para comando e interligação

 

Denominação da Central de Incêndios

 

Componentes Principais da Central de Incêndios

 

NOTA: O desenho apresentado refere-se á configuração estandardizada da central de incêndios, no entanto esta pode vir com configurações diferentes de acordo com as preferencias e requisitos do cliente final.

Listagem de Peças

1

-

Bomba Principal
2

-

Bomba Reserva
3

-

Bomba Jockey
4

-

Colector de compressão
5

-

Quadro Eléctrico Tipo 2000EJ
6

-

Interruptor de Caudal
7

-

Pressostato PJ (Bomba Jockey)
8

-

Pressostato PP (Bomba Principal)
9

-

Manómetro
10

-

Depósito Membrana
11

-

Válvula de Seccionamento
12

-

Filtro de Impurezas
13

-

Válvula solenoide

Electrobombas Principais

As electrobombas principais servem como fonte de alimentação de água no combate a incêndios, sendo portanto duas electrobombas de grande caudal.

A segunda electrobomba serve como auxiliar da primeira. Caso a electrobomba que estiver em funcionamento, não consiga estabelecer a pressão desejada, a segunda electrobomba entrará em funcionamento.

Electrobombas Jockey

A electrobomba jockey serve para manter a pressão estática da rede e reposição de fugas de águas admissíveis, sendo portanto uma electrobomba de pequeno caudal.

Quadro Eléctrico

O quadro eléctrico presente na central faz o arranque, paragem, manutenção periódica e protecção das electrobombas, e ainda fornece sinalização do estado do sistema. A execução de todas as funções é realizada através de um autómato devidamente programado, testado e calibrado.
Os aparelhos de corte estão devidamente dimensionados para as potências em jogo, tendo um interruptor geral tetrapolar, contactores, reles térmicos e fusíveis.

Nota: Opcionalmente o quadro pode vir equipado com contactos secos, livres de tensão, para envio á distâncias das informações presentes no mesmo, bem como tensão de comando a 24 volt.

Esquema de Principio da Central:

A central de incêndios na versão estandardizada segue o esquema abaixo. O esquema é relativo aos componentes mecânicos:

 

     

 
 
 
 

      footer
       
        Empresa  |  Sobre nós  |   Serviços  |  Produtos & Equipamentos  |  Apoio Técnico |   Localização  | Resolução Conflitos   Developed by RuiFreitas      

 

                                                                                                                                                          Todos direitos reservados, Electrimeca,Lda 2012